quarta-feira, 21 de julho de 2010


20 comentários:

  1. Eu também faço assim, e agora com o calor não sabe nada bem passar a ferro.

    ResponderEliminar
  2. Olá, há muito tempo atrás ficava horas a passar roupa, esperava as novelas começarem, colocava a tábua de passar na sala e ficava até umas 11:00 hrs da noite, quando a montanha de roupa era muito alta ia até umas 2:00 da manhã, imagine com marido e 3 filhos a montanha que se formava, mas depois de ouvir a minha sogra me ensinando que roupa de dormir, de cama, de mesa e banho não se passa, roupas de ficar em casa(as mais velhas) não precisam de tamanha dedicação fui reduzindo mesmo sendo repreendida pela minha mãe! Um dia fui ao salão de cabelereiro e ouvi uma mulher dizendo que a cunhada não passava calça jeans, pendurava ela ainda bem molhada e alisava om as mãos no varal e ela parecia passada, e dito e feito a minha montanha de roupas diminuiu consideravelmente, ainda mais com os novos tecidos das roupas que em sua maioria não amarrotam tanto! Dedico mais as roupas do marido que são de algodão e bermudas de brim que precisam ser passadas! Para formar aquelas montanhas de roupas de antes eu precisaria de mais de uns 5 meses! A gente aprende com o tempo, a idade e as trocas de experiências! Beijos

    ResponderEliminar
  3. Eu sou igual... não passo roupa interior, pijamas, lençóis, panos de cozinha e toalhas, certas t-shirts e gangas. Os lençóis são lavados de manhã e à tarde, depois de secos, vão direitinhos da corda para a cama; o meu marido usa pólos que não precisam de ferro; eu tive a sorte de encontrar dois pares de calças que nunca precisaram de ser passadas (e uma delas tem vinco!!!); consegui encontrar camisas de elastano, para mim, que nunca viram o ferro; uso individuais de plástico quando se come na cozinha, evitando as toalhas de mesa e as suas lavagens (as toalhas só mesmo quando há visitas e temos necessidade de comer na sala)... e assim, só passo a roupa uma vez por mês (a minha sogra leva as mãos à cabeça porque até cuecas e peúgas engoma!!!). Tenho dois ferros, um a vapor que uso quando preciso de passar alguma peça de roupa para usar ou então quando o monte é pequeno e tenho outro de caldeira que utilizo quando passo montes maiores.

    ResponderEliminar
  4. És i-gual-zi-nha a mim. Eu também passava tudo (até as meias minúsculas dos putos), e passei a fazer tudo diferente.

    Já não passo a ferro uns 80% de cada máquina de roupa. Comecei a reparar que muita da roupa estava direitinha quando a apanhava e punha-a no monte para arrumar. Mas quando ia arrumar já não estava bem, e então lá tinha que a passar a ferro. Agora no verão, dobro a roupa mesmo lá fora, na mesa de refeições :) enquanto a minha filha me ajuda a apanha-la e quando entro em casa vou logo arrumá-la. Acabou-se a escravidão e o procurar peças no monte enorme de roupa para passar.

    ResponderEliminar
  5. Carla: Que giro, eu também dobro a roupa na mesa da rua, com a diferença que a minha filha ainda não apanha a roupa, mas quando é para estender já me dá as molas ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu faço o mesmo.
    Deixei de passar panos, toalhas de wc, panos cozinha... Só passo mesmo qd a roupa estiver muito enrugada. As t-shirts que se usam por dentro das camisas, só passo a frente e as minhas mais justas não passo porque, ao vestir, ficam esticadinhas, eh eh.
    Não comprendo a panca de algumas pessoas passarem a roupa interior, mas lá sabem.
    Mesmo assim, os meus montes são muito maiores que os teus!!!
    Odeio passar e o que me vale é a minha mãe que de vez em quando vai lá e dá uma ajudinha.

    ResponderEliminar
  7. Obrigada por este post.
    Acabei de descobrir uma forma de não passar as calças de ganga a ferro! De resto, também há muito deixei de passar toalhas, panos da louça, lençóis, pijamas, roupa de andar por casa e roupa interior... para desgosto da minha mãe, que diz que "degenerei"!
    Bjs
    Gina
    Maçã Dentada

    ResponderEliminar
  8. Como te compreendo, detesto passar a ferro e tambem faço esta selecção de roupa, mas mesmo assim a que fica para passar a ferro é uma dor de cabeça para mim lol
    Jinhos

    ResponderEliminar
  9. Eu até nem "desgosto" de engomar (não é das minhas obrigações preferidas, mas não me importo) mas, nem quando me casei passava tudo ferro! Ai queria namorar, agora quero ter tempo para mim!! A roupa de criança então, a minha mãe dizia que se devia engomar os bodies porque "queimava" os micróbios!! Eu ás primiras ainda engomava... depois nem tanto. E agora só mesmo o indispensável! Então tops e licras nem pensar. E também só pego no ferro quando tenho uma quantidade considerável de roupa não ando numa de escravatura!!!

    ResponderEliminar
  10. Adorei este post :)
    Eu esquivo-me como posso a passar a ferro. Só o que vai à rua e, e...
    É mais as camisas do marido porque tem de ir de fato para o trabalho, senão a coisa ainda andava mais simplificada cá por casa.
    Mas uma coisa que me fascinou foi o facto de dizeres que só engomas uma vez por mês. Tens de me ensinar esse truque (se calhar no meu caso não dá por causa das malfadadas camisas; ele não tem 30 camisas :P). Tens tanta quantidade assim que não dês por falta da que está para engomar?
    Beijinhos e obrigada pela partilha destas preciosas ideias

    ResponderEliminar
  11. Luarte:
    Pois de facto camisas tem mesmo de ser, de Inverno também passo mais camisas, mas de Verão ele não usa tanto...
    Para mim é fácil estar um mês sem engomar, tenho um roupeiro e uma comoda só para mim com a roupa da estação (neste caso de Verão).
    Vestidos que gosto muito devo ter uns 15, se somar a isto as saias de Verão, as bermudas,as calças com tecidos bem mais finos e cores tipicas de verão, e as calças de ganga, as opções são muitas ;) Depois em relação às camisolitas também tenho q.b, aliás mesmo assim passo estações que quando vou a arrumar a roupa para outro roupeiro é que vejo "olha não usei isto".
    Depois a somar a isto há ainda a roupa que trago da minha irmã (ela sim com uma quantidade enorme de tudo), e compro muito pouco mesmo, a titulo de exemplo no Inverno passado a única coisa que comprei a nível de roupa foram umas calças de ganga!
    Muitas vezes tenho de pegar no ferro não porque o meu "stock" está a acabar mas mais por eles (filha e marido).
    bj

    ResponderEliminar
  12. Eu também faço a selecção da roupa para passar a ferro.
    Por vários motivos, porque se poupa na conta da luz, porque se poupa o ambiente, porque se poupa tempo e porque não é preciso :-)
    Por exemplo, agora no verão se os cortinados forem sacudidos e pendurados logo que saem da máquina não precisam de ferro. E deixa-se a janela aberta para secarem.
    Também tenho algumas peças de roupa (vestidos, por exemplo) que seco penduradas num cabide e ficam muito bem :-)

    ResponderEliminar
  13. Junta-te ao grupo! cá em casa é igual! Já em casa da minha mãe nao se passavam turcos nem roupa interior, e eu tb opto por nao passar lençóis, pelo menos os de flanela. E o resto é td mto bem escolhido e analisado para ver se é mm preciso ferro... :)
    Bjss

    ResponderEliminar
  14. Olá,

    Descobri hoje o seu blog e achei muito engraçado. Vou passar a visitá-lo com frequência.

    Eu passo tudo a ferro com excepção dos atoalhados do WC que cmo seco namáquina, saiem de lá fofinhos e as boxers do meu marido (passava-as até à bem pouco tempo, mas ele tanto insistiu para eu não peredr tempo com aquilo, que lá lhe fiz a vontade lol).

    Quando o Vasco era bébé, passava toda a sua roupinha interior, apesar de toda a gente me dizer que não valia a pena passar bodys,babygrow e afins.

    Já não é defeito, é mesmo feitio!
    Detesto vestir/ usar roupa que não esteja passadinha.

    Beijo da Carla

    ResponderEliminar
  15. Pois com o tempo vamos aprendendo uns truques longe vãos os tempos que passava tudi tudi tudi;)

    ResponderEliminar
  16. Olá boa tarde,
    Eu também poupo tempo e dinheiro ao não passar muita roupa. Para isso basta sacudila muito bem quando estendo e depois quando a tiro do estendal é dobrá-la logo, porque se a guardo para dobrar mais tarde depois fica cheia de vincos.
    As t-shirts quando as guardo na gaveta ponho-as por baisxo das outras que já lá estão, quando as vou vestir... com o peso... estão óptimas.
    Poupamos luz... tempo... e a nós...
    Senão nos pouparmos... quem nos poupará?
    Bjs
    Teresa C.

    ResponderEliminar
  17. tenho que aprender isso aqui... abraços...

    ResponderEliminar
  18. Olá, só para dizer que eu NUNCA passei toalhas, panos de cozinha, lençois, cuecas ou coisa do género......... Fui ensinada assim, quando descobri que havia gente que fazia autênticos malabarismos e perdia tanto tempo para conseguir passar aqueles lençois enormes fiquei boquiaberta..... e cortinas também não passo. Lavo na máquina e estendo directamente no varão do cortinado...... Beijinho
    Marisa

    ResponderEliminar
  19. Eu nunca passei lençois, toalhas, pijamas, roupa interior, tops, e toda a roupa que fica esticada no corpo.
    Por isso, se isso é ser má dona de casa, eu tb sou muito má dona de casa, porque em 10 anos, nunca passei nada disso ;)

    ResponderEliminar
  20. Ponham os maridos a engomar! Porque não? Onde andam afinal os casais modernos?Em minha casa engomamos tudo. Esquecem-se que existem todos os tipos de bicharada como moscas, mosquitos, aranhas, melgas, e por vezes até osgas ou outros que podem andar pela roupa! Não se esqueçam que as crianças são sensiveis á baba de alguns deles e por vezes apanham borbulhas ou alergias devido a esses "amiguinhos"!

    ResponderEliminar