terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Comprar em saldos :: Construir o guarda roupa

Este é o primeiro post de 2013, espero que as vossas festas tenham sido boas e que tudo corra bem neste novo ano.

Depois da Luarte ontém ter falado de vestidos e saldos apeteceu-me falar também de saldos, eles começaram 28 de Dezembro e com eles a correria às lojas foi pelo menos essa a impressão com que fiquei do primeiro dia de saldos.

Eu que tenho destralhado muito o meu roupeiro, e depois de ter fotografado peça por peça do que lá se encontra - tenho o registo fotográfico de todos os vestidos, casacos, calças, saias, etc...- isso ajuda-me a perceber melhor ainda a imensidão de conjugações que posso fazer com o que tenho, e depois daquela experiência  de remixar roupa , ficou o bichinho!

O destralhamento do roupeiro é relativamente fácil de fazer se for feito de forma racional, o que nem sempre acontece afinal estamos prestes a eliminar parte das nossas roupas, algumas que nos acompanham há muitos anos e por isso nem sempre é tão simples quanto parece pelo menos para mim.

A minha dificuldade, que vou superando aos poucos tem sido eliminar aquelas peças que eu guardo por teimosia ou só porque foram caras mas que no fundo sei que não me favorecem e que quase nunca visto, o mesmo é dizer que eu posso gostar muito de uma peça, mas se a uso e ao longo do dia não me sinto confortável e por mais que tente não estou à vontade para quê insistir?


Depois outra coisa com que me tenho debatido são aquelas peças de roupa que se gosta muito, e que já se usaram vezes sem conta e por isso apresentam grande desgaste mas eu simplesmente não consigo ver que estão mesmo velhas e gastas, só depois de ter fotografado e ter analisado as fotos mais a frio percebi que efectivamente algumas por muito que se goste já não estão em condições é preciso ser racional e olhar bem com olhos de ver (estou a falar para mim pois claro!)

E porque destralhar dá trabalho e construir um guarda-roupa equilibrado leva o seu tempo, estou mais selectiva, evito comprar por impulso, não repito itens, isto é eu não preciso de duas camisas brancas nem de calças de ganga praticamente iguais, estou empenhada em comprar com qualidade, detesto comprar uma camisola que ao fim de duas lavagens tem as costuras a abrir, ou está cheia de borbotos...

Tenho por isso em mente algumas peças que gostaria de ter porque sei que criam look's interessantes e podem ser usadas com muitas outras que já tenho e quando as encontrar compro assim sem pressas.
O meu álbum no Pinterest tem sido uma ajuda preciosa porque inspiração é o que não falta nesta rede  e sempre que vejo uma foto com alguma peça muito semelhante a alguma que eu já tenha eu guardo, por isso se encontram tantas fotos com vestidos às riscas preto e branco, camisas aos quadradinhos azuis, camisas e vestidos de ganga, etc.

 E porque gosto de blog´s este: http://www.kendieveryday.com/ é aquele que me desperta mais atenção nesta área e claro se estou a partilhá-lo é porque gosto mesmo muito, tem uns remix's fantásticos também aqui: http://www.kendieveryday.com/p/30x30-remix.html

Por tudo isto quando fui espreitar os saldos já levava uma ideia do que queria, já tinha passado os olhos pelos sites. Nestas alturas evito aquelas lojas que ao longo do ano frequento mais e que são normalmente as que estão mais cheias e remexidas. Eu acho esta também uma boa altura , para comprar um bom casaco ou calçado.

E estas foram as primeiras compras destes saldos, curiosamente tudo made in Portugal
Blusão castanho e calças verdes: Ana Sousa
Camisola: tiffosi

7 comentários:

  1. Olá, Bricolar :)
    Há tanta coisa que disseste que podia tão bem ser escrito por mim. Mesmo!
    Para mim não é fácil desfazer-me de certas peças Algumas gosto tanto e uso-as tantas vezes que às vezes me ponho a pensar o seguinte: "Nem quero imaginar quando esta peça se estragar ou ficar velha". Crio mesmo laços fortes com aquilo que gosto :P É parvo eu sei, porque não se tratam de pessoas, nem de plantas ou animais.
    E depois também existem aquelas "pedras no sapato". Sabemos há peças que não nos favorecem, mas num ato de loucura comprámo-las, são de boa qualidade, foram cara, etc... e dói-nos a consciência pensar que foi dinheiro deitado à rua e evitamos livrarmo-nos delas. Às vezes dou por mim a ir ao saco a resgatá-las, vê lá tu :P
    Cada vez mais tento combater este género de sentimentos pelas coisas, mas não é fácil. É um trabalho a ir fazendo e posso afirmar que a coisa está de longe muito melhor do que outrora.
    Gostei muito das tuas comprinhas. Lindas! :)
    Vou cuscar mais em pomenor esse site que tb já me tinhas deixado lá no blog.
    Ah o Pinterest é realmente uma verdadeira fonte de inspiração, mas não tenho nenhum álbum por lá. Vou ver se um dia destes trato de perceber um pouco melhor como funciona.
    Beijocas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luarte, percebeste-me tão bem :)

      O blog é muito bom vale a pena espreitar e o Pinterest é "um mundo".
      beijinhos

      Eliminar
  2. Parabéns pelo blog, boas dicas e ideias!!!
    Um beijinho grande!

    ResponderEliminar
  3. Gostei das calças, comprei umas tambem nessa cor em saldos claro..e umas botas.
    Bom ano

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Adoro o teu cantinho e deixei-te um mimo no meu: http://simplesmentemarisa.blogspot.pt/

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Estou agora nessa luta do destralhar e organizar o roupeiro...

    Obrigada pelas inspirações!

    Beijinho

    ResponderEliminar